Que muita gente acessa acessa a Internet todo mundo já sabe. Que esse número vem crescendo mais a cada dia, também. Já vimos que passa dos 80 milhões de eleitores que utilizam a rede 60 horas/mês, mas, importa saber quem eles são? Como caracterizar essa multidão que forma e reforma, ou melhor: remixa, sua opinião com base no conteúdo que gira na rede?

Em fevereiro deste ano, a agência DM9 denominou uma nova classificação de usuários da internet. Segundo a agência, a divisão “tradicional”, que se baseia em informações variadas (como dados demográficos, por exemplo), já não basta, pois a tecnologia mudou o mundo. Após um estudo feito com pessoas entre 8 e 60 anos, foram identificados novos perfis de usuários e de maneiras como as novas tecnologias impactam a realidade dos internautas.

Para moldar esses perfis, procurou-se responder a três perguntas fundamentais:

  • Quanto e como as pessoas utilizam os recursos e equipamentos de tecnologia em suas vidas;
  • Quais são as intenções que elas têm ao consumir os diversos recursos digitais;
  • Quanto os recursos digitais servem para moldar suas próprias identidades.

A conclusão é que se pode segmentar os usuários em cinco categorias diferentes, a saber:

IMERSOS: que tiveram parte de sua identidade definida pela tecnologia.
FERRAMENTADOS: que recorrem à tecnologia para realizar tarefas, sem a idolatrar.
FASCINADOS: querem parecer modernos e tecnológicos.
EMPARELHADOS: para quem a tecnologia é fundamental na hora de colocar em prática diferentes aspectos da vida.
EVOLUÍDOS: o universo das máquinas e da tecnologia é o seu habitat natural.

Seja qual for o perfil de uso, o fato é que, hoje, é impossível negar a influência dos novos recursos midiáticos na formação da própria identidade das pessoas.

É preciso levar isso em conta na hora de planejar uma estratégia para campanhas eleitorais na Internet. O Campanha Completa, por ser resultado de anos de experiência no uso de recursos tecnológicos em campanhas, tem o know-how para fazer isso.

Em 2008, na primeira experiência do gênero, foram criados e alimentados 80 sites de candidatos a vereador durante todo o período eleitoral. Nesse mesmo ano, com o uso de ferramentas desenvolvidas pela mesma equipe, foi feito o material gráfico de mais de 200 candidatos a vereador. Em 2010, aprimoramos nossos instrumentos e colaboramos ativamente para a eleição de Gleisi ao Senado Federal.

Agora, em 2012, o Campanha Completa está melhor do que nunca e pode te ajudar a alcançar todos os perfis de usuários das novas mídias de maneira rápida, intuitiva e de baixo custo. Ao oferecer os recursos, ou ferramentas, que atendem diferentes necessidades digitais da campanha de maneira segmentada, ajudamos você a atingir o seu eleitor na Internet.

Damos à sua campanha uma casa digital na figura do site ou blog, integrado à praça pública digital representada pela mobilização nas redes sociais, com uma agenda de contatos completamente customizável e segmentável, que se comunica diretamente com um carteiro para e-mails e SMS, o Jaiminho, tudo em uma só ferramenta, que ainda por cima te dá um mapa virtual no qual cruzar todo tipo de informações e dados de campanhas atuais e anteriores!